quarta-feira, 1 de agosto de 2007

SOU UM APAIXONADO



Vou te pedir para
Irromper neste teu corpo
Esfomeado e tão desejado,
Não quero ver desperdiçares,
O tempo valoroso da minha vida,
Em coisa sem importância.
Pois quero tudo resgatar
O que já senti por ti...
Quero te falar,
Das minhas alegrias,
Dos afáveis devaneios,
Quero ser amável,
Saciado, pousando a cabeça
Nos teus seios!!!

Sem nenhum drama,
Ou qualquer sofrimento,
É meu desejo sempre crescer,
Em harmonia...
Quero viver na paz,
No amor e na alegria,
O meu desejo é nunca,
Parar de te amar.
Quero o teu amor partilhado,
Cheio de cuidado,
Bem cheio de mutualidade...
Não quero ter inveja,
Dos outros namorados
Que se beijam e que se amam...
Eu tenho a máxima certeza,
Que também te amo
E, que sou um apaixonado...


Tancredo A. P. Filho

2 comentários:

ERVA DOCE disse...

Meu amigo poeta,um prazer imenso te visitar no teu blog,e ler essas perolas de poema.Fiquei encantada com cada palavra escrita.Obrigada pelo convite.beijokasno teu coraçâo.

claudeteamante da poesia disse...

Eu li e comentei teu poema no Planeta Literatura, muito lindo como tem sido todos os teus poemas até aqui.
Parabéns!
Bjs!
Clau